quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

COMENTÁRIO DO MÊS

Santo Elias, Profeta eleito
O Profeta Elias, que juntamente com Moisés esteve presente na Transfiguração do Divino Mestre no monte Tabor, é, por certo, um dos personagens históricos de proporções gigantescas. Sua festa, a liturgia do rito maronita da Igreja a celebra a 20 de julho
Elias, vivendo entre os homens tinha tanto poder junto a Deus, que pela força de sua oração obtinha do Céu que caísse ou não a água para a fertilidade ou esterilidade da Terra.
Tal varão, por sua santa indignação, repetidas vezes alcançou que as nuvens lançassem contra os inimigos de Deus coriscos de fogo.
Foi o primeiro homem a ressuscitar outro homem!
Varão que elevava e depunha reis, ungindo a uns e castigando a outros.
Com o toque de sua capa fendeu as correntes do rio Jordão, abrindo-se um caminho e passando a pé enxuto pelo meio de suas águas.
Não pagou à morte o tributo que pagam todos os homens e foi levado vivo, num carro de fogo, para o Paraíso. E há de vir, com Enoc, segundo crença geral na Igreja, para combater o Anticristo, converter os judeus e morrer mártir.
Varão, enfim, tão portentoso e prodigioso, que dele diz a Sagrada Escritura: "Quem pode pois (ó Elias) gloriar-se como tu?" (1).
* * *
Pouco se sabe de sua origem, pois a Sagrada Escritura diz tão-só que ele era de Thebis, pequena localidade da região de Galaad e viveu durante os reinados sucessivos de Acab e Ocozias, soberanos de Israel.
O contexto histórico em que desempenhou sua atuação, no Antigo Testamento, encontra-se descrito no terceiro e quarto Livros dos Reis. Acab, por exemplo, "fez aquilo que desagrada a Javé e foi pior que todos seus antepassados" (2). Casou-se com a péssima Jezabel, princesa fenícia, filha de um sacerdote dos ídolos; ela incitou o marido a instalar oficialmente em Israel a religião de Baal (3). Essa mulher mandou assassinar muitos dos profetas de Deus e introduziu na corte quatrocentos e cinqüenta profetas baalitas. Samaria, capital do Reino, tornou-se o centro da abominação idolátrica.
E, então, "levantou-se o Profeta Elias, como um fogo, e as suas palavras ardiam como um facho " (4).
Os judeus o chamam Eliahu, isto é, Deus forte, ou Deus é minha força. Como um fogo devorador, todo abrasado no amor de Deus, Elias prega, ensina, incendeia os corações conservando-os na Fé, no amor e no culto do verdadeiro Deus, ou convertendo os que tinham apostatado cultuando a Baal e outros ídolos.
Entretanto, o zelo fogoso do Santo Profeta se abrasa muito mais pela justiça e pela vingança no exterminar os ímpios idólatras, do que na clemência: matou com suas próprias mãos ou mandou degolar um total de 850 adivinhos, magos e pseudoprofetas e muitíssimos mais ainda com o flagelo da seca que, a pedido seu, durante três anos e meio foi enviado do Céu a fim de castigar o povo que se tinha entregue à idolatria (5).
A tocha o simboliza muito adequadamente. Com efeito, escreve Doroteu, Bispo de Tiro, no século IV, em sua Synopsis: "Quando Elias estava para nascer, seu pai, Sabacha, viu-o ser saudado por Anjos alvos e envolvido em faixas de fogo e ser alimentado pelas chamas. Tendo ido a Jerusalém relatou a visão e foi-lhe dito pelo oráculo que não temesse, pois o nascituro habitaria na luz e o que dissesse seria sentença segura e julgaria Israel com o gládio e pelo fogo ".
O primeiro prodígio do Profeta
"Viva o Senhor Deus de Israel em cuja presença estou, que nestes anos não cairá nem orvalho, nem chuva, senão conforme as palavras de minha boca" (6). Assim, por ordem e pela prece do Profeta, para castigo dos ímpios, o céu fechou-se, veio a seca e a fome sobre Israel por mais de três anos.
O grande São João Crisóstomo co menta nestes termos o prodígio eliático: "Quando Elias, profeta santíssimo, pôs os olhos no povo prevaricador que, desprezando o Senhor, cultuava Baal, movido pelo zelo de Deus, decretou contra a Judéia a sentença da seca e da esterilidade da chuva. Então, subitamente a terra lança vapores, o céu se fecha, os rios secam, as fontes se extinguem, o bronze ferve, a temperatura tortura, a tranqüilidade fica penosa, as noites se tornam secas, os dias áridos, as searas se tornam, os arbustos fenecem, os prados desaparecem, os bosques enlanguescem, os campos jejuam, a terra torna-se inculta, suas ervas morrem. a ira de Deus se manifesta sobre todas as criaturas" (7).
Foi no decurso desse flagelo, contudo, que o coração de Elias mostra-se também misericordioso. Invocando o poder de Deus, ele obtém a ressurreição do filho único da viúva de Sarepta que o hospedava enquanto a fome castigava Israel (8). A esse propósito, Cornélio a Lapide observa: "Elias é o primeiro homem que, desde a criação do mundo, trouxe um morto para a vida". Só Eliseu, seu seguidor e sucessor, iria depois repetir o milagre na Antiga Lei.
Elias, o ignipotente
Esse flagelo Elias só o faz cessar depois de matar os quatrocentos e cinqüenta falsos profetas. Ordena a Acab que esses sicários de Belial sejam reunidos no Monte Carmelo (monte da Palestina, situado entre a Galiléia e a Samaria, a dez quilômetros de Nazaré), onde ele os desafiará a provarem o poder de Baal.
Acab, vendo-o, disse: "Porventura és tu que trazes perturbado Israel? E Elias respondeu: Não sou eu quem perturba Israel, mas sim tu e a casa de teu pai, por terdes deixado os Mandamentos do Senhor, e por terdes seguido Baal. Não obstante, manda agora, e faze juntar todo o povo de Israel no Monte Carmelo, e os quatrocentos e cinqüenta profetas de Baal. e os quatrocentos profetas dos bosques que comem da mesa de Jezabel. Mandou, pois, Acab chamar todos os filhos de Israel, e juntou os profetas no Monte Carmelo" (9). E diante de todo o povo, Elias proclama: "Eu sou () único que fiquei dos profetas do Senhor" (10).
Os bois para o holocausto são preparados, e para que venha fogo do céu consumi-los os profetas de Baal invocam seu ídolo durante três dias. E o Tesbita ironiza: "Gritai mais alto, porque ele é um deus, e talvez esteja falando, ou se ache em alguma estalagem ou em viagem, ou dorme, e necessita que o acordem" (11).
Diante do fracasso dos baalitas, Elias invoca o Senhor, é atendido e o seu holocausto é devorado por um fogo vindo do céu! O povo prostrado por terra adora o Deus verdadeiro por meio de seu servo Elias. Este levou os profetas de Baal à torrente de Cison, e ali os matou. E a maldição de Deus afasta-se do país. Elias, no Carmelo, suplica a Deus que faça chover e é atendido.
Essa sua ignipotência (poder sobre o fogo) Elias a manifestará prodigiosamente por três vezes (12). E a esse respeito, Cornélio a Lapide comenta, admirado: "Quem portanto resiste a Elias saiba que tem diante de si um vitorioso e não um contendor, pois seus prélios são os triunfos das chamas cuja pompa é a luz e cujo aplauso é o fragor dos incêndios". Este é Elias, o ígneo, o ignipotente!
"Tu que sagraste reis para vingar crimes, e fizeste profetas para teus sucessores" (Ecles. 48, 8)
A missão que o Senhor Deus dos Exércitos lhe confia no Monte Horeb, Elias a consumará numa esplêndida vitória:
" Vai e torna ao teu caminho pelo deserto até Damasco; e, quando lá tiveres chegado, ungirás Hazael como rei da Síria, e a Jehu, filho de Nansi, ungirás para rei de Israel; e a Eliseu, filho de Safat, que é de Abelmeula, o ungirás profeta em teu lugar. E acontecerá que todo o que escapar à espada de Hazael, Jehu o matará, e todo o que escapar à espada de Jehu, Eliseu o matará. E Eu reservei para Mim em Israel sete mil homens, que não dobraram os joelhos diante de Baal e não o adoraram beijando a sua mão" (13). A unção dos reis da Síria e de Israel não foi feita pessoalmente pelo Profeta, mas por Eliseu, herdeiro de sua missão. Acab foi morto em guerra contra a Síria, seu sangue foi lambido pelos cães, e posteriormente sua casa foi aniquilada por Jehu; Jezabel foi lançada de uma janela pelos soldados de Jehu e devorada pelos cães (14).
A ascensão de Elias
A elevação de Elias é descrita no quarto Livro dos Reis nestas palavras: "E continuando (Elias e Eliseu) o seu caminho, e caminhando a conversar entre si, eis que um carro de fogo e uns cavalos de fogo os separaram um do outro; e Elias subiu ao céu em meio de um redemoinho e Eliseu o via e clamava:
Meu pai, meu pai, carro de Israel e seu condutor" (15). Segundo os intérpretes da Escritura, é nesse preciso momento que Eliseu é confirmado em sua missão de sucessor do Santo Profeta. Não se sabe com precisão o local para onde o Espírito de Deus conduziu o Profeta. Fala-se no Paraíso terrestre ou em algum outro lugar privilegiado, do qual ele acompanharia os acontecimentos desta terra, podendo mesmo neles intervir.
A crença na vinda de Elias no fim dos tempos, juntamente com Enoch, é universal na Igreja já nos primeiros séculos do Cristianismo. O testemunho da Liturgia é eloqüente nesse sentido: os ritos orientais da Igreja Católica celebram o Santo profeta, existindo até a Missa da Ascensão de Elias (16).
São João Crisóstomo dá como causa do celeste rapto de Elias seu zelo extraordinário. Do contrário teria destruído a terra. Eis o diálogo que ele figura entre Deus e seu Profeta: "Já que não podes suportar os pecadores pelo excesso de teu zelo, suba ao Céu; e eu serei peregrino na terra. Pois se permaneces mais tempo acabarás com o gênero humano, continuamente subjugado por ti .... " (17).
E na sua Homilia De Ascensione Eliae, aquele Doutor da Igreja comenta:
"Deus, Rei dos reis, quis levar .... o seu (profeta) Elias, zeloso de alma e de corpo .... depois dos muitos e penosos trabalhos, das gravíssimas fadigas e cruéis perseguições, das grandes e ilustres vitórias em tantos combates. Pois convinha que se trasladasse aos reinos celestes ... o guia do povo transviado, o governador dos sacerdotes, o dominador dos contendores voluptuosos, o condutor de Israel que reconduziu ao jugo do temor de Deus os espíritos lascivos e vagabundos...."
Elias ainda, representando a Lei e os Profetas, juntamente com Moisés, aparece ao lado de Nosso Senhor Jesus Cristo na transfiguração do Tabor, para dar testemunho da filiação divina do Messias (18).
* * *
A missão de Elias perpetua-se no decurso da História a partir da comunidade dos" filhos dos profetas" do Monte Carmelo (19), que na era cristã passaram a ser conhecidos como os "eremitas da gruta de Elias" . No século XIII' eles deram origem à Ordem dos Irmãos da Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo Venerável Ordem do Carmo.
No século XVIII, o Papa Benedito XIII concedeu permissão à Ordem Carmelitana para colocar na própria Basílica do Vaticano uma estátua do Santo Profeta Elias, o que se deu a 15 de fevereiro de 1727. E com a aprovação da Sagrada Congregação dos Ritos e de vários Soberanos Pontífices, tão-só os Carmelitas estão autorizados a cantar na Ladainha de Todos os Santos - Sancte pater Elia, Ora pro nobis; precisamente em razão de toda essa profunda vinculação de ordem histórica e de tradição.
Unamo-nos, para concluir, ao culto que os maronitas prestam ao Santo Profeta, na missa do dia 20 de julho.
"Elias se vestiu como a luz e sua palavra foi semelhante à chama. No seu zelo humilhou os reis e massacrou os profetas. Elias, ó Profeta eleito, tu te manifestas com zelo de fogo por Deus, terrível e aterrorizador para os homens da iniqüidade, desembainhando tua espada aguçada. Jordão não pôde resistir à tua palavra e te obedeceu: Único na coragem, possante na audácia, tu te entregas sem vacilar ao socorro da verdade. Santo Elias, adversário dos reis ímpios, quem como tu? " (20).
__________________________________________________________  
São Tomé, pertenceu ao grupo dos doze apóstolos
São Tomé nunca teve medo de expor a realidade de sua fé e de sua razão
Pertenceu ao grupo dos doze apóstolos. O Senhor o chamou dentro de sua realidade, com suas fraquezas e até com suas crises de fé.
Nosso Senhor Jesus revelou a nós coisas maravilhosas através de São Tomé:
“Tomé lhe disse: ‘Senhor, nós nem sabemos para onde vais, como poderíamos saber o caminho?’ Jesus lhe disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai a não ser por mim” (Jo 14,6).
Tomé nunca teve medo de expor a realidade de sua fé e de sua razão, que queria saber cada vez mais e melhor. Quando Jesus apareceu aos apóstolos ao ressuscitar, Tomé não estava ali, e aí encontramos seu testemunho: “Oito dias depois, os discípulos encontravam-se reunidos na casa, e Tomé estava com eles. Estando as portas fechadas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado e não sejas incrédulo, mas crê!” Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” (Jo 20,26-28).
O Papa São Gregório Magno meditando essa realidade de São Tomé diz: “A incredulidade de Tomé não foi um acaso, mas prevista nos planos de Deus. O discípulo, que, duvidando da Ressurreição do Mestre, pôs as mãos nas chagas do mesmo, curou com isso a ferida da nossa incredulidade”.
Segundo a Tradição, Tomé teria ido, depois de Pentecostes, evangelizar pelo Oriente e Índia onde morreu martirizado, ou seja, morreu por amor, testemunhando a sua fé.
São Tomé, rogai por nós !
________________________________
SANTA TEREZA DOS ANDES :
“Cristo, esse louco de amor, me tornou louca também”
Ela partiu desta vida muito jovem, aos 19 anos de idade, mas já era modelo de santidade para todos – em especial para a juventude latino-americana, da qual foi declarada padroeira.
Juana Fernández Solar nasceu em Santiago do Chile em 1900, filha de Miguel e Lucía. A partir dos 6 anos, já participava da Santa Missa quase todos os dias, junto com a mãe, e a proximidade da Eucaristia lhe despertava um grande almejo pela Primeira Comunhão, finalmente recebida em 1910. A menina passou então a comungar todos os dias e a passar longos momentos de diálogo pessoal com Jesus Eucarístico.
Juana estudou durante 11 anos no Colégio do Sagrado Coração, os últimos três como interna. Seu grande sacrifício era ficar longe da família, à qual era muito apegada.
Aos 14 anos, começou a perceber a vocação à vida religiosa, num processo de discernimento que foi aprofundando mediante a correspondência com a superiora das carmelitas descalças. Aos 17 anos, Juana manifestou o desejo de se tornar carmelita e, dando continuidade ao cuidadoso processo de discernimento, ingressou no convento dos Andes em 1919, tomando o nome de Teresa de Jesus.
A vida no carmelo foi breve para ela: onze meses depois, a irmã Teresa faleceu em decorrência de febre tifoide. Era o dia 12 de abril de 1920. Ela tinha 19 anos de idade.
A irmã Teresa foi beatificada por São João Paulo II em 1987 e canonizada pelo mesmo Papa em 1993, quando ele a chamou pela primeira vez de Santa Teresa de Jesus dos Andes e recordou que ela era não apenas a primeira santa chilena, mas também a primeira carmelita descalça da América Latina a ser elevada aos altares.
Na homilia de canonização, São João Paulo II destacou:
“Esta carmelita chilena, que viveu com alegria e como modelo da perene juventude do Evangelho, oferece a uma sociedade secularizada, que vive de costas para Deus, o testemunho límpido de uma existência que proclama aos homens e às mulheres de hoje que no amar, adorar e servir a Deus estão a grandeza e a alegria, a liberdade e a realização plena da criatura humana (…) Do claustro, ela grita suavemente: ‘Só Deus basta!’, especialmente aos jovens, aos famintos de verdade e aos que estão em busca de uma luz para dar sentido à sua vida (…) A uma juventude solicitada pelas contínuas mensagens e estímulos de uma cultura erotizada, a uma sociedade que confunde amor genuíno, que é doação, com o uso hedonista do outro, esta jovem virgem dos Andes proclama hoje a beleza e a bem-aventurança que emana dos corações puros”.
De fato, a alegria é apontada como uma das suas maiores características: uma genuína alegria de viver, baseada em Deus e no Seu Amor.
Santa Teresa dos Andes, entre cujos lemas de vida estava “Meu espelho há de ser Maria“, resumiu assim a própria vida:
“Cristo, esse louco de amor, me tornou louca também”.
________________________________

São Camilo de Léllis, servia a Cristo na pessoa do doente...
Foi brotando em São Camilo de Léllis o carisma de servir a Cristo na pessoa do doente, do peregrino
Nasceu no ano de 1550 na Itália. Filho de pai militar, também seguiu essa carreira, mas não pode prosseguir devido a um tumor em um dos pés. Recorreu ao hospital de São Tiago em Roma, onde viveu sua compaixão pelos outros doentes.
Porém, ele deu um ‘sim’ ao pecado, entregando-se ao vício do jogo, onde perdeu tudo e ficou na miséria total. Saiu do hospital devido o seu temperamento. Foi de hospital em hospital para cuidar de sua ferida, até bater na porta dos franciscanos capuchinhos e ali quis trabalhar na obra de Deus.
Com 25 anos começou o seu processo de conversão. No hospital em Roma, Deus suscitou nele a santidade de ver nos doentes a pessoa de Cristo e também o carisma dos ‘Camilianos’. Camilo também viveu uma bela amizade com São Felipe Néri.
Entrou para os estudos, foi ordenado sacerdote, e vendo a realidade dos peregrinos de Roma, que não tinham uma assistência médica digna, foi brotando nele o carisma de servir a Cristo na pessoa do doente, do peregrino. E muitos se juntaram a ele nessa obra. Em cada sofredor está a presença do Crucificado.
São Camilo partiu para o céu em 1614.
São Camilo de Léllis, rogai por nós!
__________________________ 
São Tiago Maior, grande amigo de Nosso Senhor
São Tiago Maior foi o primeiro dentre os doze apóstolos a derramar o próprio sangue pela causa do Evangelho
Nascido em Betsaida, este apóstolo do Senhor era filho de Zebedeu e de Salomé e irmão do apóstolo João, o Evangelista.
Pescador juntamente com seu irmão João, foi chamado por Jesus a ser discípulo d’Ele. Aceitou o chamado do Mestre e, deixando tudo, seguiu os passos do Senhor.
Dentre os doze apóstolos, São Tiago foi um grande amigo de Nosso Senhor fazendo parte daquele grupo mais íntimo de Jesus (formado por Pedro, Tiago e João) testemunhando, assim, milagres e acontecimentos como a cura da sogra de Pedro, a Transfiguração de Jesus, entre outros.
Procurou viver com fidelidade o seu discipulado. No entanto, foi somente após a vinda do Espírito Santo em Pentecostes que São Tiago correspondeu concretamente aos desígnios de Deus. No livro dos Atos dos Apóstolos, vemos o belo testemunho de São Tiago, o primeiro dentre os doze apóstolos a derramar o próprio sangue pela causa do Evangelho: “Por aquele tempo, o rei Herodes tomou medidas visando maltratar alguns membros da Igreja. Mandou matar à espada Tiago, irmão de João” (At 12,1-2).
Segundo uma tradição, antes de ser martirizado, São Tiago abraçou um carcereiro desejando-lhe “a Paz de Cristo”. Este gesto converteu o carcereiro que, assumindo a fé em Jesus, foi martirizado juntamente com o apóstolo.
Existe ainda outra tradição sobre os lugares em que São Tiago passou, levando a Boa Nova do Reino. Dentre estes lugares, a Espanha onde, a partir do Século IX, teve início a devoção a São Tiago de Compostela.
São Tiago Maior, rogai por nós!
________________________________________ 
Os motoristas e São Cristóvão
São Cristóvão é o protetor e anjo guardião dos motoristas
Todos precisamos de proteção. Dependemos de Deus. Para as situações de risco, como é o caso de quem está na direção de um veículo, não elevar o pensamento para o alto ao ocupar seu posto de pilotagem será sempre uma temeridade. Em velocidade, os motorizados ajudam a encurtar distâncias, mas ao mesmo tempo nos colocam em estado de menor segurança e adiantam situações inesperadas. A fé vem em nosso socorro: Deus é Pai. Os santos, na glória, unem nossa pobre condição humana à santidade divina e diante do trono do Altíssimo, oram por nós, imersos na intercessão de Cristo. Costume antigo entre os cristãos é solicitar a companhia orante destes irmãos que nos precederam na fé e viveram situações semelhantes às nossas. Nós os chamamos de Padroeiros.
São Cristóvão é o anjo protetor dos motoristas. Mas, além da intercessão, o fiel deve olhar para os santos procurando exemplo de vida. Cristóvão, antes de se tornar cristão, se chamava Réprobo. Era um cananeu rude, alto de estatura. Inculto, mas inteligente, desejava conhecer e servir ao rei mais poderoso da terra.
Certo dia lhe apresentaram um. Foi com ele a uma peça de teatro na qual o nome do diabo era repetido com frequência. A cada vez que o ouvia, o rei fazia o sinal da cruz. – “Por que fazes este sinal?”, perguntou Rébrobo. –Para me livrar das artimanhas do demônio”, respondeu o rei. O escravo não se conformou. “Se há alguém de quem tens medo, então não és mais poderoso que ele”. Começou então a procurar o diabo para servi-lo, admitindo ser ele o maioral da terra. Um ser bem apessoado, atraente e forte iniciou por encantar o servo gigante.
Porém, um dia andando com ele pela estrada, viu que em certo sítio, o demônio desviou caminho. Perguntou: “por que desvias?” – “Porque neste trecho há cruz igual à de um tal Jesus de quem tremo de medo”. Constatou Réprobo: “então este é maior do que ti”. Abandonou-o de imediato e andou a procura do novo rei. Encontrou-o através de um eremita que lhe falou sobre o Salvador. O cristão lhe explicou que para encontrar a Cristo era necessária a oração. O convertido entristeceu-se e disse: “não sei rezar ainda”. “Então, podes jejuar”. – “Para mim esta prática é ainda muito difícil, pois preciso de muito alimento para manter meu pesado corpo”. – “Então”, disse-lhe o catequista, “comece pela caridade e chegarás ao encontro com Cristo”. Como era alto, pôs-se misericordiosamente a transportar nos ombros pessoas que precisavam atravessar um rio sem pontes.
Certo dia, chegou à margem uma criança que com caridade pôs em travessia. Pesava muito; peso descomunal. Correu risco de não suportar e se afogar nas águas caudalosas. Ao chegar do outro lado, reclamou: “você me causou perigo e quase me levou à morte. Porque pesa tanto? Parecia-me ter o mundo inteiro sobre os ombros”. O menino então esclarece: “tranquiliza-te; sou o Cristo a quem serves. Transportastes o rei da terra, o criador do mundo”. Por isso, terminada a catequese, o santo eremita o batizou com o nome de Cristóvão, que significa Transportador de Cristo.
São Cristóvão a partir de então se tornou um cristão tão fiel e exemplar que a muitos outros converteu para Deus. Certa vez, o imperador mandou soldados para prendê-lo obrigando-o a adorar deuses pagãos. Ele, ao encontrá-los impressionou-os tão bem com sua bondade e fé que eles desistiram de prendê-lo. Cristóvão não aceitou. “Levem-me”, disse-lhes. No caminho os soldados se transformaram e se fizeram cristãos. Para levar Cristóvão a pecar, o rei mandou duas belas moças o tentarem. Uma chamava-se Nicéia outra Aquilina. Antes que elas iniciassem seus afagostatura, que alguns o achavam quase um gigante, Cristóvão lhes falou sobre a fé e a moral cristã e elas se arrependeram e pediram o batismo, deixando a vida de prostituição. Tão forte foi a conversão delas que nem diante das torturas voltaram atrás, mas enfrentaram corajosamente o martírio. Cristóvão foi perseguido, torturado, açoitado e por fim decapitado, mas nunca deixou de amar e servir ao maior e único Rei do mundo que em sua estrada teve a graça de encontrar.
Eis aí, motorista, seu patrono e seu exemplo.
São Cristóvão, rogai por nós!

Dom Gil Antônio Moreira

5 comentários:

  1. Hello,

    Dear Loan Seekers i am Mr Carlos Hunter from United State of America (USA) i have been searching for a loan for more than 2years and all lenders i have get in touch with have rip me off more than $3,300.00, i thought there is no way i can get a loan online not on till the day a friend of mine called James Butler direct me to a legit and genuine loan lender called ILLUMINATI LOANS COMPANY who lend me a loan of $75,000.00, am a happy man today and i promise my self that i will keep posting online about the good thing that ILLUMINATI LOANS COMPANY has done in my life and the life of my family if you need a loan contact them today (illuminatiloanscompany@gmail.com) may the good lord bless ILLUMINATI LOANS COMPANY and his company i pray God give them the spirit to continue with their generosity, thank you very much for taking your time to ready my story

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Você está procurando um empréstimo de negócio, empréstimo pessoal, empréstimo de casa, automóvel
    empréstimo, empréstimo de estudante, empréstimo de consolidação da dívida, empréstimo sem garantia, venture
    de capital etc ... ou você foi recusado um empréstimo por um banco ou qualquer financeiro
    instituição para uma ou mais razão. Você está no lugar certo para
    suas soluções de crédito! Eu sou um credor privado, eu conceder empréstimos para
    empresas e indivíduos a uma taxa de juros baixa e acessível de
    3% de juros. Contacte-nos através do email: berryloanscompany@gmail.com

    EMPRÉSTIMO formulário de candidatura.

    Seu Nome Completo:
    endereço:
    país:
    Estado:
    Valor do Empréstimo:
    sexo:
    Empréstimo Duração:
    Número De Telefone:
    Fax:
    Renda Mensal:
    Data específica você precisa do empréstimo:

    NOTA: Este são necessários antes que possamos prosseguir com
    a transação do empréstimo aprovado.

    Saudações
    Sr. Berry

    ResponderExcluir
  3. Hello,

    Dear Loan Seekers i am Mr Carlos Hunter from United State of America (USA) i have been searching for a loan for more than 2years and all lenders i have get in touch with have rip me off more than $3,300.00, i thought there is no way i can get a loan online not on till the day a friend of mine called James Butler direct me to a legit and genuine loan lender called ILLUMINATI LOANS COMPANY who lend me a loan of $75,000.00, am a happy man today and i promise my self that i will keep posting online about the good thing that ILLUMINATI LOANS COMPANY has done in my life and the life of my family if you need a loan contact them today (illuminatiloanscompany@gmail.com) may the good lord bless ILLUMINATI LOANS COMPANY and his company i pray God give them the spirit to continue with their generosity, thank you very much for taking your time to ready my story

    ResponderExcluir
  4. Você precisa de um empréstimo hoje, em seguida, enviar o pedido de empréstimo de interesse para o endereço de e-mail abaixo para o processamento e gravação do seu empréstimo. O tempo de processamento de empréstimo é rápido e eficiente como empréstimo entregar todo o mundo, sem quaisquer complicações. Para enviar o seu interesse com a seguinte informação se interessado.

    Seus nomes completos:
    idade:
    nacionalidade:
    quantidade:
    Duração do empréstimo:
    Número De Telefone:

    Mail: oceania.financiera@hotmail.com
    Celular: (+1) 646-504-6492 (você também pode enviar uma mensagem de texto)

    Esperamos seus comentários o mais rapidamente possível.

    saudações
    Grant

    ResponderExcluir
  5. OLÁ,
    SOMOS ASSOCIAÇÃO DE INVESTIDORES PRIVADOS, PROPOSTA DO MUNDO DE EMPRÉSTIMO PRIVADO EM TERMOS CURTOS E LONGAIS DE RÁPIDA DE 5000 A 5.000.000 (€ ou $) O PERÍODO MÁXIMO DE REEMBOLSO É 18 ANO DE IDADE. A TAXA DE JURO ANUAL É 2%. O CRÉDITO É CONCEDIDO A CADA PESSOA QUE GANHA UM INGRESSO MENSAL FIXO. PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A PROPOSTA DE EMPRÉSTIMOS, POR FAVOR, REALIZA-SE DE NÓS NOVAMENTE COMO POSSIBLE EMAIL PARA CONTACTE-NOS >>>> (pastorgodtimeloanfirm6@gmail.com).

    ResponderExcluir